Passar para o conteúdo principal

Não há nenhuma regra que defina à partida a distribuição do finamento pelos membros de cada Rede Cidades Circulares (RC2). O orçamento da RC2 deverá ser calculado em coerência com as características da parceria e refletir as responsabilidades assumidas e as necessidades específicas identificadas por cada parceiro. A título indicativo, o parceiro-líder deverá dispor de um envelope orçamental correspondente a aproximadamente o dobro da média dos demais parceiros da RC2. A proposta de programação financeira do projeto, a remeter à Autoridade de Gestão da InC2, deverá detalhar o orçamento previsional da RC2 e a sua distribuição pelos parceiros.

Categoria
Concursos