Passar para o conteúdo principal

instrumentos e princípios de ação

objetivos estratégicos

instrumentos e princípios de ação

A InC2 deverá ser concretizada por um conjunto de instrumentos essenciais:  

- Redes Cidades Circulares

Parcerias entre municípios portugueses e outras instituições orientados para o planeamento local de ação para a economia circular com enfoque em temas prioritários definidos e estabelecidas nos seguintes princípios de ação:

  • Mais competências dos decisores políticos e corpos técnicos locais em economia circular e abordagens integradas de desenvolvimento urbano;
  • Mais participação dos cidadãos, atores urbanos e comunidades locais no desenvolvimento urbano e na transição para a economia circular;
  • Mais integração da transição para a economia circular em estratégias e ações de desenvolvimento territorial e urbano.

 

- Plataformas multinível

Diálogo institucional multinível e multissectorial em torno das necessidades, constrangimentos e oportunidades para a economia circular urbana, estruturado pelos seguintes princípios de ação:

  • Melhor conhecimento;
  • Melhor financiamento;
  • Melhor legislação.

 

- Rede de comunicação

Colaboração entre actores da economia circular dinamizada por um ponto de contacto nacional com vista à comunicação de notícias e disseminação de resultados em torno da InC2 e da economia circular nas cidades

Conheça a estrutura de gestão e governança >>>